Amazon - Produtos Naturais e Cosméticos | Óleo de Avestruz
Televendas: (61) 3082-3081 / (61) 3399-8189 / (61) 98441-1029 OI / (61) 99294-3993 CLARO / (61) 99954-5567 VIVO / (61) 98355-8461 TIM
Olá visitante! Efetue seu Login ou Cadastre-se
Conheça os ômegas e as vitaminas que já vem naturalmente no Óleo de Avestruz Amazon
Amazon - Produtos Naturais e Cosméticos | Óleo de Avestruz

Acido Linolênico (Omega 3) O cérebro humano representa apenas 2% do nosso peso total, mas usa aproximadamente 25% do oxigênio consumido por todo nosso corpo quando está em repouso. Ele é um órgão complexo que só recentemente tem sido desvendado. Você já sabe que os alimentos que comemos influenciam o nosso corpo. Mas o que você não sabe ainda é que eles podem ter muito mais do que uma simples influência no funcionamento do nosso cérebro.

A performance mental exige um tipo específico de gordura encontrado mais freqüentemente em peixes de águas profundas (frias),  e avestruz, conhecidos como Ácido Graxo Essencial (AGE) o Omega 3.

O ômega-3 é conhecido por ser componente fundamental da membrana externa das células cerebrais. É através dessa membrana que todos os sinais nervosos fluem.

O humor, a motivação e a performance mental estão intimamente ligados aos alimentos que ingerimos. Estudos mostram cada dia mais que algumas substâncias contidas em determinados alimentos podem aumentar a capacidade mental.

Mais de 20% do cérebro é constituído de substâncias gordurosas que desempenham importantes funções. A saúde do nosso cérebro depende não só da quantidade de gordura que ingerimos, mas principalmente do tipo de gordura.  

Então a presença de Omega-3 cria um ambiente ideal para a troca rápida de "mensagens" entre as células do nosso cérebro. Se o cérebro para de receber Omega-3, ele procura se adaptar a essa deficiência. Como conseqüência ele fica "preguiçoso" e as respostas passam a ser mais lentas. Quando esse comportamento é repetido dia após dia, o cérebro passa a encarar esse novo estado como sendo o seu novo padrão normal de funcionamento.

É aí que problemas de memória, alterações de humor e dificuldades de aprendizado podem se tornar freqüentes. Estudos mostram que o consumo regular de Omega-3 traz os seguintes benefícios:

Melhora a concentração; melhora a memória; aumenta a motivação; melhora as habilidades motoras; aumenta a velocidade de reação; neutraliza o stress; previne doenças degenerativas cerebrais, entre outras.
Acido Linoléico (Omega 06) São ácidos graxos poliinsaturados, essenciais para uma dieta saudável, porque os humanos não podem sintetizá-los e precisam obtê-los através dos alimentos: Acelera a perda de gordura; (especialmente na região abdominal) Incrementa o ganho de massa muscular; Permite ganhar mais rapidamente a definição do músculo; Oferece forte proteção antioxidante; Ajuda o organismo na contínua produção de substâncias antiinflamatórias; Melhora o perfil lipídico sanguíneo; (colesterol e triglicerides) Fortalece o sistema imunológico; Regula o açúcar no sangue em pacientes diabéticos;

Acido Palmitoléico (Omega 07) Estudos mostrou que a administração via oral de ácido palmitoleico (omega 7) em camundongos melhoraram dramaticamente sua condição diabética. Aumento de peso corporal, hiperglicemia, hiper-trigliceridemia e foram reduzidos em resposta à ácido palmitoléico. Nestes, houve a regulação de pró-inflamação expressões gênicas e hepáticas, caíram acumulação de lipídios, melhorou a sensibilidade à insulina, a qual provavelmente levado muitos dos efeitos benéficos documentados no presente estudo. Colabora na regeneração celular, melhorando a pele, principalmente em queimaduras, feridas e dermatites.

Acido Oléico (Omega 9) O Acido graxo essencial Omega 9 - Aumenta o colesterol bom Ajuda a prevenir quanto a certos tipos de  câncer, participa do nosso metabolismo desempenhando papel fundamental na síntese dos hormônios. É muito usado em hidratantes e emulsões cosméticas, pela sua capacidade de recompor a oleosidade da pele ressecada e com problemas de descamação. Ajuda na regeneração celular melhorando a pele.
Vitamina A - Uma evidente função da vitamina A é como um grande composto das proteínas (chamadas Rhodopsin) nos olhos que reagem à luz e tornam a visão possível. A maior parte das funções dessa vitamina, todavia, é realizada por seus receptores, que são fatores de transcrição da família de receptores nucleares. Por estes receptores, o ácido retinóico pode afetar quase todas as funções na célula humana. Sabendo isso, é simples entender porque a vitamina A deve ser consumida em quantidades normais. Estudos mais recentes vêm mostrando que a vitamina A age como antioxidante (combate os radicais livres que aceleram o envelhecimento e estão associados a algumas doenças).

Vitamina E - O papel principal da vitamina E é a proteção dos tecidos do corpo de reações que os danifiquem (perioxidação) as quais surgem a partir de muitos processos metabólicos normais e agentes tóxicos exógenos. Especificamente, a vitamina E: protege as membranas biológicas, tais como as encontradas nos nervos, músculos e sistema cardiovascular; ajuda a prolongar a vida dos eritrócitos (glóbulos vermelhos) e ajuda o organismo a utilizar a vitamina A de forma óptima.

A vitamina E tem sido utilizada com sucesso na terapia de: Doenças neuromusculares progressivas nas crianças com disfunções hepáticas ou biliares e em várias doenças que afectam os bebés prematuros, tais como: anemia hemolítica, hemorragia intraventricular e fibroplasia retrolenticular, a qual pode provocar a cegueira. Existem evidências que indicam que a vitamina E pode ter um papel importante em: na caludicação intermitente, doenças trombóticas, função imunitária, prevenção do cancro, prevenção de doenças cardiovasculares, proteção das lipoproteínas contra a oxidação


 

Formas de Pagamento pradoxbiju